Telhas “alare”

Eles são elementos de cobertura “finos” em concreto armado protendido com asas levantadas, largura de até 250 cm e altura variável no corte transversal. A pesquisa do “V” no desenho da seção transversal e a espessura nunca inferior de 5 ou 6 cm permite obter pesos próprios mínimos. Parecido à sistema da classica telha W leve já presente no mercado brasileiro mas com prestações ainda mais maiores. A CSG oferece o estudo do sistema de cobertura completo, da seção transversal do componente principal: a peça em concreto armado protendido chamado de “alare”, da sua fôrma para fabricação, das tabelas de desempenho para dimensionamento da armadura de acordo com as cargas aplicadas e os vaõs a serem atingidos. Estudo dos componentes secundários: acessórios de fixação e elementos de fechamento, como cúpulas, domos com comprimentos lineares de até 6 metros, shed com ventanas e elemento tímpanos de oitão.

Vantagens:

  • Design e linhas arquitetônicas harmoniosas;
  • Grandes vaões (até 40 mt);
  • Flexibilidade na personalização da peça protendida (desenho e características);
  • Grandes espaços livres;
  • Pesos estruturais reduzidos com alto desempenho estático;
  • Alto grau de aeração e luz natural;
  • Isolamento e impermeabilização; contínuos;
  • mais rápidez como os produtos são pré-acabados na fábrica com a camada de impermeabilização;
  • Alto desempenho de resistência ao fogo;
  • Simplicidade e velocidade de montagem;
  • Alto desempenho na recepção, saída e esgotamento das águas meteóricas
  • inclinações mínimas das placas da ordem de 1% – 2% para a saída de águas;